quinta-feira, 2 de julho de 2020

"Só" - O primeiro livro infantil escrito por Xuxa

No último dia 21/06, uma notícia pegou os fãs da Rainha de surpresa: aproveitando o momento de isolamento social, Xuxa aprontou dois livros infantis e está terminando sua autobiografiaQuem deu a notícia foi o jornalista Lauro Jardim do jornal O Globo, que também adiantou que as publicações sairão pela GloboLivros ainda neste ano.

Escrever sua biografia é novidade, mas sabia que Xuxa já escreveu um livro infantil há 35 anos? Pois é, em 1985 a loira lançou "" sua primeira publicação destinada aos baixinhos. Vamos saber um pouco mais da história por trás da história?


"Só, você nunca encontrará um amigo se só pensar em receber e não em dar, se só pensar em ser amada e não amar."
(trecho do livro)



✍🏻Clube, Ford, Trapalhões
Em 1985, Xuxa estava a mil. O Clube da Criança estava consagrado como atração mais popular da Rede Manchete, chegando, inclusive, a incomodar a audiência da Rede Globo que no mesmo horários exibia a novela das seis. Paralelamente, a loira continuava a exercer a profissão de modelo, agora ostentando um excelente contrato com a Ford Models dos EUA.

No meio do ano participou de mais uma aventura com os Trapalhões no cinema - Os Trapalhões no Reino da Fantasia - e ainda tinha uma agenda de shows no Scala ao lado do quarteto aos finais de semana até novembro.


Xuxa tinha tanta coisa para fazer naquele ano de 1985 que praticamente nem dava tempo de se sentir só



Em meio a tudo isso ela encontrou tempo para fazer seu primeiro livro infantil. Mas sobre o que a loira pretendia falar na sua estreia como escritora? Quem a acompanha já há algum tempo sabe do quanto Xuxa dá importância às palavras e se incomoda de ver seu uso banalizado. Ela não fala "te amo" para qualquer um, quando quer agradecer alguém por algo que gostou muito, sempre diz que gostaria que existisse uma palavra maior que "obrigado"; não chama qualquer um de "amigo"... Sim, Xuxa sempre foi intensa em relação à verdade do que se diz. E foi assim que nasceu "Só"...




🗓️ Lançamento
O livro saiu pela Editora Nova Fronteira que, naquele ano, completava 20 anos de existência. Em julho de 1985, Xuxa já havia fechado contrato com a empresa. A ideia era que ele estivesse pronto para o Dia das Crianças. O tempo era curto e como dissemos, Xuxa tinha inúmeros compromissos. O jeito foi escrever a história dentro dos aviões em suas muitas idas e vindas a NY e pelo Brasil afora para fazer seus trabalhos como modelo.


Contracapa do livro: o mesmo ensaio usado para estampar o postal dado às crianças que frequentaram o "Clube da Criança" (TV Manchete) naquele ano


🤔 Inspirado em fatos reais?
É inegável que Xuxa colocou no livro sua experiência pessoal sobre a dificuldade de se encontrar amigos de verdade. Ao mesmo tempo que notamos que Só também se distancia de Xuxa em alguns momentos. Se no livro a menina não fazia amigos porque "se achava perfeita" e "só gostava dela mesma", sabemos que Xuxa não é assim, pois ela sempre deixou claro que algumas de suas decepções aconteceram por confiar demais em quem julgava ser amigo.


👱🏻‍♀️ A menina Só
O livro nos apresenta Sayonara Soraya, a Só, uma menina que se bastava, brincava sozinha, não tinha amigos porque se achava o máximo, se achava perfeita em tudo e com isso nunca aprendeu a fazer amizades. Com o passar dos anos, Só se deu conta que não fazia parte da vida de ninguém, assim como ninguém fazia parte da sua e assim inicia-se sua jornada em busca de ter amigos.




No caminho vai recebendo conselhos do Sol, do Lago, da sua própria Sombra e até de alguns animais. Todos lhe ensinam os verdadeiros valores do que é ter amigos. Uma história curta, simples, mas com grande significado.


A verdadeira amizade é o tema do primeiro livro escrito por Xuxa, em 1985
"Amigo, amigo mesmo não se tem em quantidade e sim em qualidade"


📖 Só no Rio
A Editora Nova Fronteira sabia do diamante que tinha em mãos e planejou tudo para que o livro de Xuxa fosse lançado na II Feira Internacional do Livro, que seria realizada no Rio de Janeiro, em setembro daquele ano.

As crianças eram consideradas 50% do público da Feira e ter o livro de Xuxa nessa vitrine era sucesso na certo. E assim foi. Xuxa veio de NY direto para a feira, onde autografou os exemplares no estande da editora. A feira começou em 03/09, mas "SÓ'" foi lançado na semana seguinte, 14 de setembro de 1985.


Sozinha não! O lançamento de "SÓ" na II Feira Internacional do Livro, realizada no Rio de Janeiro entre 03 e 15/09/1985, contou com a ilustre presença do amigo Renato Aragão.


A estratégia deu certo, nas vendas do estande da Editora Nova Fronteira, SÓ dividiu o primeiro lugar do segmento infantil com o livro "ABC do Cascatinha" - escrito por Castrinho - ambos com 400 exemplares vendidos. Para vocês terem uma ideia, o livro mais vendido da Editora na Feira foi "Um Amor Conquistado, o Mito do Amor Materno", de Elizabeth Badinter, que atingiu a marca 500 exemplares durante toda a feira.


📖 Só em São Paulo
O livro já estava oficialmente lançado, mas sua distribuição para o restante do Brasil ainda levou um tempinho, ainda dava tempo de pegar o Dia das Crianças. Em São Paulo, a editora promoveu uma manhã de autógrafos no Shopping Ibirapuera; de 10 às 14h era possível comprar o exemplar e ainda ganhar o autógrafo da Rainha.


Em São Paulo, a manhã de autógrafos aconteceu no piso superior do Shopping Ibirapuera, na véspera do Dia das Crianças de 1985


⁉️ Curiosidades
Qualquer semelhança com nomes: Sayonara Soraya... Vocês sabem bem de onde Xuxa escolheu parte desse nome, certo? Dona Alda e Sr. Floriano, pais de Xuxa, sempre gostaram de nomes um tanto exóticos para seus filhos e Xuxa seria Morgana Sayonara, se não fosse uma promessa feita a Nossa Senhora. Bom, essa é outra história e se você ainda não a conhece, sugerimos ficar de olho na biografia da loira que vem por aí.

Ilustrações: embora o jornal O Globo tenha publicado que Xuxa, além de escrever, também ilustrou o livro; as ilustrações são da dupla Denise Fraifeld e Fernando Azevedo. Talvez Xuxa tenha dado algum direcionamento para os desenhos... De qualquer forma, Denise e Fernando são grandes ilustradores de livros infantis nos anos 80 e 90. Denise ilustrou mais de 40 livros entre nacionais e internacionais.




Incentivo à leitura: se você comprasse o "SÓ" durante a II Feira Internacional do Livro, você poderia abater o preço do ingresso (cerca de Cr$5.000,00, que hoje seriam o equivalente a R$9,00) no preço do livro.

"Mas vou contar a minha história também...": havia planos de se lançar um segundo livro pela Editora Nova Fronteira. "Sete Quedas" seria o nome. O livro traria um disquinho com a história de um lado e a música do outro. Bom, a música já sabemos onde foi parar: no disco "Xuxa e Seus Amigos" (Philips, 1985); já o livrinho ficou só na vontade.


"Sete Quedas", que seria o segundo livro infantil, acabou virando single do disco "Xuxa e Seus Amigos"; mas não desperdiçaram a oportunidade do apelo visual: a faixa ganhou uma ilustração exclusiva de Mauricio de Sousa para a capa do compacto promocional

Xou da XÓ: No Natal de 1988, Xuxa leu um pedacinho do livro no palco do "Xou da Xuxa"



👑 Só Xuxa...
Com uma história sobre amizade, a jovem Xuxa nem imaginava quantos amigos ainda ia conquistar dali para frente... estava só começando a maior aventura da "Amiguinha Xuxa". Que venham os novos livros infantis da loira! 



E para você que chegou até aqui, um presente: disponibilizamos o livro "Só" digitalizado no formato PDF para você conhecer ou relembrar a história. Boa leitura!



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...