quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Dancing Brasil 4 - Ep.03 (10/10/2018)

“O que você quer ser quando crescer?” é a pergunta que toda criança já ouviu e também foi o trilho do 3º episódio do Dancing Brasil 4. Claro, em plena "Semana da Criança" nada mais apropriado que resgatar a época dos sonhos de todo mundo e isso acontecer sob o comando de Xuxa. A “tarefa” da noite era trazer para o palco aquela profissão que o participante sonhava em exercer quando era só um(a) baixinho(a).


As escolhas dos participantes por si só já rendiam uma boa distração. Das clássicas “ser astronauta” (Allan Souza Lima) ou “atriz” (Camila Rodrigues) até as inusitadas “ser vendedor de coxinha” (Oscar Filho) e “patinadora de mercado”(Franciele Grossi). Teve de tudo mesmo! Daqui a pouquinho a gente dá a lista.


👶Quando eu crescer...
A abertura aconteceu com todos os participantes segurando sua foto de crianças frente aos rostos para depois sentarem-se em balanços que eram conduzidos por seus partners. Tudo ao som de “When I Grow Up” (Quando Eu Crescer), música de abertura do musical britânico Matilda (sim, é aquela que você conhece dos filmes da Sessão da Tarde).

E no balanço das horas do Dancing tudo pode mudar....

Aliás, não é só a música que vem do musical, os balanços também fazem parte do número de abertura dele.


A inspiração para a abertura: Matilda, o musical

Xuxa fez sua entrada durante a música com um convidado mais que especial: Eduardo Meneghel Andrade, o Dudu, seu filho de pelo, como ela carinhosamente o chama. Todo mundo sabe da paixão da loira pelos animais e Dudu estava lá para representar seus amigos do mundo animal, afinal a nossa Dancing Queen queria ser veterinária quando criança.


Dudu, em participação especialíssima, representando os animais que poderiam ter sido cuidados pela Dra. Maria da Graça Meneghel, respeitada médica veterinária 


Junno não participou da abertura e só depois da primeira apresentação é que o maridão da loira contou o que era seu sonho de criança: ser artista. Curiosamente, de todos, só Junno, Camila Rodrigues e Amaral já sabiam bem o que queriam e seguiram firme em seus propósitos.



👗Eu quero ser: Estilista
Xuxa permanece firme na sua ideia de guardar o brilho dos figurinos somente para os participantes. Depois da estreia a loira disse que nessa temporada iria dispensar as roupas mais chamativas justamente para dar uma diferenciada das outras temporadas. Mas quem precisa de vestido chamativo quando se é Xuxa? A loira estava toda elegante num vestido longo vermelho de seu próprio guarda-roupa. Junno estava com mais um terno de Ricardo Almeida, que já vem vestindo o moço desde a estreia.

Dancing Queen, Dancing Frog e o Dancing Dog
#XuJuDu

Foto: Blad Meneghel


🌃Eu quero ser: Cenógrafo
Falar do cuidado com a produção do cenário e das projeções no palco que a equipe técnica do Dancing tem é chover no molhado. Dá vontade de falar em todas as resenhas... todas! Dessa vez não tinha como passar direto sem registrar os incríveis efeitos durante a performance de Juliana Rios e Tutu Morasi.  O palco se tornou um oceano!

Pensaram que a Record só entendia de abrir o Mar Vermelho?
O mar do Dancing ficou tão bonito que Moisés ia ficar só olhando...


O mesmo palco que já tinha virado uma roleta gigante para o Cassino do Chacrinha onde Valéria Valenssa incorporou uma Chacrete.

Isso é o que podemos chamar de Cassino do Chacrinha versão "deluxe-plus-advanced"


Eu quero ser:
👯Chacrete: Pois é, quem diria que a eterna Globeleza Valéria Valenssa queria ser uma das meninas que dançavam no Cassino do Chacrinha? Valéria surpreendeu até a própria Xuxa, pois sempre foi fã declarada da loira. Claro que ela não ia deixar isso passar: “tá no meu caderninho, viu?” disse dando risada e emendando “nem Bombom você queria ser?”.

Valenssa Furacão, a chacrete secrete... ops, secreta

A apresentação de Valéria não foi só diversão, aliás isso foi só a cereja do bolo. A moça, sob a condução de Jefferson Andrade, foi pura concentração e dedicação e garantiu o primeiro triplo NOVE da temporada.


Valerinhaaaa uh uh!
"Troféu abacaxi" coisa nenhuma!
Valéria e Jefferson garantiram logo o triplo nove

Foto: Blad Meneghel



🕵Investigadora/Detetive: Quem vê Pérola Faria toda delicada, toda "princesa da Disney" – como disse Jaime Arôxa no programa passado – nem imagina que a moça está mais para Daphne (ou a Velma) de Scooby Doo, pois quando criança ela gostava de desvendar mistérios. Bom, se tem uma coisa que não tem mistério é seu desempenho ao lado de Fernando Perrotti no programa.


Pérola: de princesa da Disney a solucionadora de mistérios.
Te cuida, Daphne!

A dupla já é dona da maior nota geral e nessa semana também conseguiu seu primeiro triplo NOVE. O quickstep da semana rendeu comentários divertidos – ou traumáticos hahaha– de Xuxa, que acabou se lembrando das ousadias de Fernando na elaboração dos passos. “Doideira!” arrematou a loira.


Pérola e Fernando: maiores notas no placar geral até agora


👩‍👦Filho: dois participantes não escolheram uma profissão específica, preferiram dedicar a apresentação a suas mães. Amaral e Marcelo Faustini.
Quando todos pensavam que Amaral falaria o óbvio: ser jogador de futebol, ele surpreendeu a todos quando contou que sua infância era tão difícil que ele nunca teve a fantasia de "ser isso ou aquilo". Fosse o que fosse, ele só queria que aquilo o possibilitasse dar uma melhor condição financeira a sua mãe. Não teve como não se emocionar. Bruna Bays representou a mãe de Amaral na valsa que os dois dançaram “com o coração” como definiu Fernanda Chamma ao final. O casal garantiu a terceira maior nota da noite.

A emoção de Amaral ao fim de sua apresentação em homenagem à sua mãe


Marcelo, por sua vez, apesar de uma infância feliz, perdeu sua mãe muito cedo e sua apresentação representou o tempo que ele queria ter a mais com ela. O ritmo escolhido foi a rumba e coube a Thaiane passar para a dança algo tão pessoal e delicado. Xuxa imediatamente se identificou com a escolha de Marcelo e contou que também, por várias vezes, trocaria anos de sua vida por um pouco mais de tempo ao lado de sua mãe Aldinha.

Ao som de Photograph (Ed Sheeran), Marcelo Faustini trouxe para o Dancing a saudade de sua mãe



🎧Eu quero ser: cantor /músico
A banda do Dancing Brasil não participou desse episódio, infelizmente. As músicas foram tocadas em playback, mas como a gente sabe que muita gente decidiu ser cantor ou músico graças a uma ou outra música que os marcou quando crianças, segue a lista.

Abertura: When I Grow Up [Matilda the Musical Original London Cast] (2016)

1. Beto Marden & Bella FernandesThe Charleston [James P. Johnson] (1923)
Sonho de Infância: ser palhaço
Ritmo: Quickstep
Nota: 23

2. Valéria Valenssa & Jefferson AndradeFreak Le Boom Boom/Conga La Conga [Gretchen] (1979 e 1981)
Sonho de Infância: ser Chacrete
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 27

3. Bernardo Velasco & Bia MarquesJack Is Back [The Clan] (1999)
Sonho de Infância: ser Jogador de Tênis
Ritmo: Jive
Nota: 16

4. Juliana Rios & TutuAngels [The XX] (2012)
Sonho de Infância: ser bióloga marinha
Ritmo: Zouk
Nota: 25

5. Nizo Neto & Luana ZeglinWilliam Tell Overture [Gioachino Rossini] (1829)
Sonho de Infância: ser jóquei
Ritmo: Quickstep
Nota: 18

6. Camila Rodrigues & Djeiko HenesWhen We Were Young [Roura Band - Cover Version] (2015)
Sonho de Infância: ser atriz
Ritmo: Valsa
Nota: 19

7. Allan Souza Lima & Carol DiasFly Me to the Moon [Frank Sinatra] (1964)
Sonho de Infância: ser astronauta
Ritmo: Foxtrote
Nota: 21

8. Lu Andrade & MarquinhosLet’s Get Loud [Jennifer Lopez] (1999)
Sonho de Infância: ser apresentadora
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 22

9. Oscar Filho & Dani De Lova – Samba do Approach [Zeca Baleiro e Zeca Pagodinho] (1999)
Sonho de Infância: ser vendedor de coxinha
Ritmo: Samba
Nota: 23

10. Franciele Grossi & Lucas NunesShake the Room [Gamu] (2013)
Sonho de Infância: ser patinadora de mercado
Ritmo: Jive
Nota: 18

11. Amaral & Bruna BaysRise Up [Andra Day] (2015)
Sonho de Infância: melhorar sua condição de vida de sua mãe
Ritmo: Valsa
Nota: 24

12. Pérola Faria & Fernando PerrottiCan't Touch It [Ricki-Lee Coulter] (2007)
Sonho de Infância: ser investigadora
Ritmo: Quickstep
Nota: 27

13. Marcelo Faustini & Thaiane ChuvasPhotograph [Ed Sheeran] (2014)
Sonho de Infância: ter mais tempo com sua mãe
Ritmo: Rumba
Nota: 18

Encerramento com os bailarinos: Born Ready (Halogen Mix) [Disco Fries ft. Hope Murphy] (2016)

🙏Eu quero ser: salvo pelo público
Terminadas as apresentações, a nostalgia ficou de lado e veio a aflição da zona de risco e a eliminação. Aquele momento em que o passado já era e que o futuro nunca esteve tão dependente do presente. Os três casais na incômoda situação empataram na nota (18 pontos) e também já sabiam o que os esperava. Nizo Neto e Luana; Marcelo Faustini e Thaiane e Franciele Grossi e Lucas repetiram a zona de risco da semana passada e dessa vez, a menos votada foi Franciele (29,71% dos votos) numa disputa bem mais equilibrada que a de semana passada.



🕙 Semana que vem tem mais e, novamente, Xuxa não falou se o programa será temático. Uma coisa é certa: vai ser mais uma agradável noite de dança sob o comando da nossa Dancing Queen. Ah, Record, quando a gente fala noite de dança, não precisa ser tão de noite, viu? O Dancing merece ser visto por mais gente, meia horinha mais cedo já ajudaria...

Já queremos o Dancing Mágico de Óz, viu, Record?
Advinha quem ia ser o Totó, o cachorrinho da Dorothy?
😍😍😍

Foto: Blad Meneghel

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...