terça-feira, 10 de abril de 2018

Dancing Brasil 3 - Ep.12 - Semifinal (04/04/2018)

Chegamos a mais uma semifinal do Dancing Brasil. O 12º episódio da terceira temporada já foi em clima de despedida e muita tensão entre os participantes, que precisaram ensaiar duas coreografias diferentes para a noite. Apesar da difícil tarefa em ter que anunciar a eliminação de duas duplas de uma só vez, nossa Rainha estava bastante animada com o programa, do jeito que a gente gosta. Nem parecia que ela estava de pé quebrado... mas esse assunto vai ter sua hora e é daqui a pouco.

Em noite de eliminação dupla, aquele momento "eu tô rindo, mas é de nervoso"

Xuxa mais uma vez encarnou a dama de vermelho e usou um vestido rodado da grife Agilità.

O vestido vermelho que nas fotos oficiais não ficou tão vermelho, mas continua bonito

Antes da abertura no palco, foi exibido um rápido VT em tom documental onde os jurados falaram sobre suas expectativas para uma semifinal e os participantes se auto-avaliaram, com imagens dos ensaios e de bastidores do programa anterior. Esse mesmo vídeo já havia sido publicado horas antes nas redes sociais da atração, repetindo uma estratégia que começou na Noite Latina (programa 11).



De volta ao palco, uma rápida apresentação de cada uma das duplas semi-finalistas ao som do tema instrumental do Dancing, incluindo a nossa dupla preferida, Xuxa e Leandro. Todo mundo estava tão tenso ou eufórico que mais pareceu aquela hora do túnel em festa junina. Foi divertido!

"Quem dança, seus males espanta!"
(Fala se esse momento não foi feito para ser eternizado num gif?)

Sem muito blá blá blá, a primeira rodada de apresentações foi em ritmo frenético, sem muito tempo para improvisos entre as apresentações - o que não impediu nossa Rainha de comemorar a hashtag ter emplacado o Trending Topic nacional do Twitter já no início.

Mentalmente você cantou "tê tê tê têretê tê", não cantou?

Os jurados, mais exigentes que de costume, pareceram um pouco descontentes, de um modo geral, com a primeira rodada das performances. Nessa rodada, cada dupla dançou o ritmo que faltava para completar os 12  oficiais do programa. A rotina intensa de ensaios de DOZE SEMANAS acabou resultando em duplas visivelmente fatigadas e isso transpareceu até para quem estava vendo de casa, imaginem para os jurados, que não deixaram de elogiar a capacidade de doação de cada um.

Nossos malvados (SQN) favoritos!


Ao som de Shakira, a dupla Raíssa & Paulo Vitor dançou o tema da Copa do Mundo de 2010. Mais apropriado impossível, cada um ali estava com o coração pulando como se fosse final de copa do mundo e o Brasil jogando.



Mas nem só do alto astral de Shakira  foi feita a primeira rodada, teve até  rumba ao som da balada Angels de Robbie Williams. Olha essa diversidade de setlist:

Abertura: Tema Instrumental "Dancing With the Stars"

COREOGRAFIA 1
1. Raissa Santana & Paulo Vítor – Waka Waka (This Time for Africa) [Shakira feat. Freshlyground] (2010)
Ritmo: Salsa

2. Marina Elali & Jefferson Andrade – Are You Gonna Be My Girl [Jet] (2003)
Ritmo: Quickstep

3. Geovanna Tominaga & Téo – Angels [Robbie Williams] (1997)
Ritmo: Rumba

4. Bárbara Borges & Marquinhos – On The Floor [Jennifer Lopez feat. Pitbull] (2011)
Ritmo: Salsa

5. Rodrigo Capella & Flávia Café – I Feel It Coming [The Weeknd feat. Daft Punk] (2016)
Ritmo: Zouk


Já a segunda rodada foi um verdadeiro desafio: a escolha dos ritmos ficou a cargo do trio de jurados e o que eles fizeram? Escolheram exatamente o ritmo que cada dupla apresentou o pior desempenho no decorrer da temporada. Um VT com o nosso "trio de três" assistindo às performances anteriores e entrando em consenso para escolher o ritmo era exibido antes de cada apresentação, mais uma novidade dessa temporada.

Jive eles viram, em compensação samba, rumba, tango e paso doble...

E a novidade foi tensa, pois veio acompanhada do suspense. Pois é, ao final de cada apresentação vêm as notas, certo? Errado! Todo mundo teve que esperar a última dupla se apresentar para saber sua nota. Haja coração, afinal era a somatória que garantiria quem seria o único casal que estaria livre da zona de risco e automaticamente na final. Quem se deu bem foi a dupla Geovanna e Teo. Bom pelos comentários efusivos dos jurados já era de se esperar que fossem eles os melhores da noite, mesmo sem a confirmação das notas.

O choro de alívio da dupla Geo & Teo ao saber que passaram para a final


Geo e Teo dançaram o paso doble ao som de The Final Countdown e realmente era uma contagem regressiva para a dupla chegar à final da temporada. Fora o clássico do Europe, tivemos até um tango extraído de Toxic da Britney Spears. Coisas que só o Dancing faz para você...

COREOGRAFIA 2 (Ritmo com maior dificuldade de acordo com os jurados)
1. Marina Elali & Jefferson Andrade – Essa Mina É Louca [Anitta e Jhama] (2015)
Ritmo: Samba

2. Raissa Santana & Paulo Vítor – Stay With Me [Sam Smith] (2014)
Ritmo: Rumba

3. Bárbara Borges & Marquinhos – Toxic [Britney Spears] (2003)
Ritmo: Tango

4. Rodrigo Capella & Flávia Café – Sai da Minha Aba (Bicão) [Só Para Contrariar] (1999)
Ritmo: Samba

5. Geovanna Tominaga & Téo – The Final Countdown [Europe] (1986)
Ritmo: Paso Doble 

Encerramento:  Dancin’ Fool [Frank Zappa] (1979)


Pensam que as surpresas acabaram? E não estamos falando do resultado da zona de risco, afinal isso é regra... Como todos sabiam, nossa Rainha havia quebrado o pé no final de semana durante os ensaios de um número para esse episódio. Muitos acreditavam que ela nem iria poder apresentar o programa. Eis que Leandro Lima anuncia o número de encerramento e nossa Dancing Queen surpreende a todos participando da performance - sem dançar muito, é claro, mas fazendo uma participação marcante, mostrando quem é a verdadeira dona do troféu!

DANCING QUEEN mesmo!
(Até com pé quebrado)

Após a dança, Fernanda Chamma saiu do roteiro e nos representou ao aplaudir nossa Rainha de pé e parabeniza-la pelo empenho em participar da apresentação mesmo com o pé fraturado. Fernanda para presidente, tá, Brasil?

Eleições 2018: já temos a candidata ideal...
Essa sabe valorizar o que o Brasil tem de melhor!
(Chamma todo mundo pra votar nela)


Com Geo e Teo garantidos na final, as quatro duplas restantes disputaram a preferência do público para garantir sua permanência no programa. E foi "eliminação dupla de duplas". Marina Elali & Jefferson e Rodrigo Capella & Flávia Café não conseguiram o número de votos e deixaram a disputa.

Com isso, a final do Dancing será, pela primeira vez, exclusiva das mulheres. Geovanna, Bárbara e Raíssa disputam semana que vem o prêmio de 500 mil reais.



Falamos que a final será exclusiva das mulheres, mas quem realmente entende de final de Dancing é um homem: Lucas Teodoro, o Teo. O rapaz chegou a todas as finais do programa até hoje (Jade na 1ª; Lexa na 2ª e agora Geovanna). Parabéns, Teo! Será que dessa vez vai?

_Teozinho querido, chega de estar na final sem ganhar, né?
(Um é pouco, dois é bom, três já é demais)


Falta quase uma semana para a final e a gente já começa a trabalhar a ideia de que ela também significa uma abstinência de Xuxa na TV até a estreia da 4ª temporada no segundo semestre (data ainda não definida). Ai, Record TV, não dá para resolver isso, não? A gente nunca te pediu nada... Ah, é tão tensa a situação que quase esquecemos de falar que na final, cada casal vai dançar TRÊS ritmos...

Nem acabou a terceira e já estamos nervosos esperando a quarta temporada!



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...